APESAR DA CONSCIENTIZAÇÃO DOS RISCOS, O CÂNCER DE PELE CONTINUA EM ASCENSÃO!

Os hábitos de proteção solar ainda são insatisfatórios,

há um grande número de pessoas que só se lembram desta proteção

quando estão de férias na praia.

Apresentação2

Paralelamente à crescente conscientização dos perigos da exposição solar excessiva, constata-se também a valorização do bronzeado, aceito universalmente pela sociedade, e que se manifesta em conceitos como:

Uma pele dourada traduz status social e saúde;

– O bronzeado dissimula pequenas imperfeições e transmite juventude a pele; – O bronzeado faz o corpo parecer mais magro e rejuvenescido.

O bronzeado da pele depende dos melanócitos que são células produtoras de um pigmento de proteção, a melanina.  Ao nascer, recebemos um número de melanócitos que se constituem no patrimônio genético de cada um, é o chamado Capital Solar. Calcula-se que o seu número decresce em 10%, a cada dez anos.

PROTEJA SEU CAPITAL SOLAR

No decorrer da vida, gastamos este capital solar no dia-a-dia, de acordo com a nossa exposição ao meio ambiente, e desta forma este capital vai se reduzindo. A quantidade destas células bronzeadoras também se reduz à medida que envelhecemos, concorrendo para a perda de resistência natural da pele e a sua capacidade de auto reparação.

 

Estudos recentes calcularam que este Capital seria:

  • de 150.000 horas para as pessoas de fototipo mais escuros;
  • de 50.000 horas para as pessoas de fototipo mais claros.

COMO ADMINISTRAR NOSSO CAPITAL SOLAR

O filtro solar é o recurso disponível que temos para reduzir o gasto  deste capital durante a vida. Se soubermos administra-lo de forma inteligente, nos protegendo eficazmente, ele será preservado e nossa pele não sofrerá com manchas e envelhecimento precoce, causados pelos efeitos cumulativos do sol.