EM SÃO PAULO, CASADAS SE CUIDAM MAIS DO QUE SOLTEIRAS

36-imagens-de-aliancas-02582349-copy

A revista eletrônica H&C (Household & Cosméticos) publicou que entre as paulistanas, as mulheres casadas cuidam mais da beleza (35%), do que as solteiras (25%).

As do bairro de Pinheiros (Zona Oeste) são as que mais se cuidam, seguidas pelas do Jardim Paulista (Zona Oeste), da Vila Mariana (Zona Sul), de Perdizes (Zona Oeste) e da Bela Vista (Centro).

Os dados fazem parte de uma pesquisa realizada pela Singu, empresa que leva o salão de beleza até o local de preferência do cliente por meio de aplicativo. Foram entrevistadas 10 mil mulheres entre as usuárias do aplicativo em São Paulo, que levantou ainda:

– 72% das clientes que mais solicitam serviços de beleza por app possuem nível superior;

– A preocupação com a beleza e estética é a mesma entre as mulheres com idades entre 18 e 24 anos e 25 e 34 anos;

– A partir de 55 anos, os números mostram que elas são mais ‘desencanadas’ com o visual.

A MAIORIA DOS BRASILEIROS SE PREOCUPA COM A OPINIÃO ALHEIA

26-ilustracao

62% dos brasileiros se consideram pessoas vaidosas, e

12,7% como extremamente preocupados com a aparência.

A pesquisa, realizada pelo SPC Brasil, ouviu 790 pessoas acima de 18 anos, de ambos os gêneros e de todas as classes sociais, indica que a vaidade é parte característica da maioria dos brasileiros:

82,9% se sentem mais atraentes quando estão arrumadas e

44,8% estão preocupadas em evitar os efeitos do envelhecimento.

33,6% admitem que ter uma boa aparência é uma das suas principais preocupações na rotina diária e

55% valorizam a opinião das pessoas a respeito da sua aparência física.

O PODER DOS COSMÉTICOS

24-ilustracao

Estudo realizado pelo SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito), em todas as capitais e interior dos estados do Brasil, mostrou que mais da metade dos consumidores (57,4%) acreditam no poder dos cosméticos e que os produtos de beleza têm a capacidade de modificar a aparência das pessoas para melhor, e aumentando a auto estima (62,1%).

A pesquisa, perguntou também sobre os produtos ou serviços, que os entrevistados têm intensão de adquirir nos próximos 3 meses para cuidar da aparência: Os cosméticos estão em 1o lugar no ranking, com mais da metade das citações (50,7%), seguidos pelas roupas e calçados (43,9%), cuidados com as unhas, cabelo e barba (42,3%).